Moradores da Maré fecham Linha Vermelha em protesto pela morte de estudante

quinta-feira, 21 de junho de 2018
Situação complicada na Maré

Redação Rio Alerta


Moradores do Complexo da Maré, na Zona Norte da cidade, fecharam os dois sentidos da Linha Vermelha, por volta das 23h35 de quarta-feira. 


A manifestação seria por causa da morte do estudante Marcos Vinicius da Silva, de 14 anos, baleado no fim da manhã durante uma operação da Polícia Civil com o apoio das Forças Armadas na comunidade. 

Marcos Vinicius chegou a passar por uma cirurgia, teve o baço amputado e aguardava uma nova operação, mas não resistiu e morreu na noite desta quarta.

Nas redes sociais, motoristas relataram disparos de tiros na região no momento da manifestação. 

"Estava falando com meu esposo, com barulho de muito tiro", postou uma motorista. "Estou presa na Linha Vermelha em cima da Brasil", afirmou outra. 

"Altura da Vila do Pinheiro, tiros agora", avisou uma terceira.


Avenida Brasil também interditada
Segundo o Centro de Operações da Prefeitura (COR), o acesso à Linha Amarela pela Linha Vermelha também foi interditado. Por volta de 1h, o trecho da Avenida Brasil na altura da Maré também estava ocupado por manifestantes. "Tiroteio brabo. Motoristas presos na garagem da (viação) Real (Auto Ônibus), na Vila do João", disse um motorista. "Brasil parada agora também. Carros voltaram na contramão", escreveu outro.
O COR também informou que um ônibus foi incendiado na pista central da Brasil, sentido Centro, próximo à Avenida Paris, em Bonsucesso.
Leia Mais....

Viúva da Mega-Sena é presa em Tanguá

Adriana está de cabelos escuros

Redação Rio Alerta


Adriana Ferreira Almeida Nascimento, viúva de Renné Senna que ganhou R$ 52 milhões na Mega-Sena em 2007, foi presa na tarde de quarta-feira. 


Adriana, que estava foragida, foi encontrada em uma casa que era utilizada como esconderijo no bairro Bandeirante, no município de Tanguá, na Região Metropolitana do Rio.

Adriana é acusada de ordenar a execução de Renné Senna a tiros em 7 de janeiro de 2007 em Rio Bonito, na Região Metropolitana do Rio. 

Na ocasião, seis pessoas foram acusadas do crime, entre elas a viúva. 

Adriana teria ordenado o assassinato após ele ter dito que ia excluí-la do testamento, pois sabia que estava sendo traído. 

Adriana Almeida foi condenada a pena de 20 anos de prisão. A foragida foi detida por policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme).
Leia Mais....

Estelionatários são presos em shopping de São Gonçalo


Redação Rio Alerta


Policiais da 21ª DP (Bonsucesso) e 72ª DP (São Gonçalo) prenderam, na tarde de quarta-feira, Leonardo Portela Geraldo e Jaqueline Dias, em São Gonçalo, na Região Metropolitana, por estelionato e uso de documento falso.


Segundo os agentes, eles compraram um celular que seria retirado nas Casas Bahia no interior do Shopping Partage, usando a identidade roubada de uma vítima. 

Quando a dupla foi buscar o aparelho, os agentes efetuaram a prisão. 

Os estelionatários estavam portando documentos falsos e ainda outro telefone, retirado na última semana da mesma forma. 

Os telefones celulares apreendidos custam entre R$ 4 e 5 mil. 

Eles foram indiciados pelos dois crimes e encaminhados ao presídio.
Leia Mais....

Comerciantes fazem protesto contra o fim do Centro Presente na Saara

quarta-feira, 20 de junho de 2018
Protesto contra o fim do Centro Presente

Redação Rio Alerta


Comerciantes fizeram uma manifestação, na manhã desta quarta-feira, contra o fim do Centro Presente, no Polo Saara, no Centro do Rio. 


De acordo com a organização do protesto, três mil apitos foram distribuídos para os presentes no ato. 

O número de apitos é o mesmo de prisões em flagrante realizadas pela operação em seus dois anos de atuação.

Mesmo após algumas notícias informando uma possível negociação para que o Centro Presente continue, os lojistas da Saara mantiveram o “apitaço”, para queo programa de segurança não deixe de proteger a região. 
Para os lojistas, as negociações significam sim algo positivo, mas eles só vão se sentir tranquilos quando o contrato de renovação for realmente assinado e assumido como compromisso do Estado ou da Prefeitura, e seus patrocinadores.
"Tivemos uma adesão muito boa das pessoas neste nosso apitaço, tanto para fazer barulho nas redes sociais quanto aqui nas ruas. 
O Centro Presente já deu certo, é um projeto que funcionou, eles garantem muito bem a nossa segurança. 
É um projeto vitorioso, e nós vivemos uma paz e uma tranquilidade no centro da cidade, que há muito tempo não viviamos. 
Não podem diminuir a quantidade de agentes fazendo essa segurança e nem colocar um novo programa que pode não funcionar. O Centro Presente tem que continuar", fala Eduardo Blumberg, presidente do Polo Saara.
De acordo com o Major Rocha, um dos agentes responsáveis pelo Centro Presente, em dois anos de trabalho, além das três mil prisões em flagrante, foram também realizados 787 mandatos de prisão. “A média de captura é de um por dia. 
Trabalhamos com um efetivo de 522 homens, e desses 300 são ex-militares, nomeados para trabalhar nesta função, e que poderão ficar desempregados. 
Estamos também manifestando para que não tenhamos essas 300 famílias deles sem emprego”, relata o Major, que também se manifestou em uma missa na Igreja da Candelária, realizada nesta quarta-feira, às 12h.
Leia Mais....

Homem coloca fogo em porteiro

Homem joga gasolina, acende isqueiro e coloca fogo em porteiro

Redação Rio Alerta


Um porteiro, de 23 anos, teve o corpo incendiado na tarde desta terça-feira, em Teresópolis, na Região Serrana do estado. 


As imagens das câmeras de segurança do condomínio em que o jovem trabalha, no bairro Fazenda Ermitage, mostram o momento em que o agressor joga gasolina na vítima e acende um isqueiro. 

Em chamas, o rapaz deixa correndo da cabine, enquanto o criminoso sai tranquilamente do local. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as equipes foram acionadas por volta das 16h25 e o jovem foi levado para o Hospital das Clínicas de Teresópolis. 

Procurada, a unidade hospitalar informou que a vítima está em estado grave e teve cerca de 60% da superfície corporal queimado. 

Ele continua internado no hospital, mas aguarda transferência via sistema de regulação para o centro especializado. 

Segundo a Polícia Civil, os agentes analisaram as imagens e o autor já foi identificado. A autoridade policial pediu a prisão temporária do homem à Justiça do município. 

As investigações estão em andamento na 110ª DP (Teresópolis) para apurar os fatos e a motivação do crime. 

De acordo com informações do 30°BPM (Teresópolis), os policias militares foram deslocados para ocorrência na Avenida Feliciano Sodré. 

No local, os policiais encontraram uma cabine em chamas e uma pessoa ficou ferida.
Leia Mais....

MP e Prefeitura do Rio fazem ação para desocupar depósitos ilegais no Centro


Redação Rio Alerta


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Prefeitura do Rio realizaram uma operação, na manhã desta quarta-feira, para desocupar depósitos ilegais que funcionam no Centro do Rio. 


As ações aconteceram na Praça Tiradentes e nas ruas Visconde de Rio Branco, Regente Feijó e Constituição. 

O objetivo da ação é a desocupação de imóveis no Centro que estavam abandonados e foram ocupados ilegalmente para servirem como depósitos irregulares de mercadorias para vendedores ambulantes.

Segundo o MP, um dos imóveis — localizado no número 33 da Rua Visconde de Rio Branco — foi transformado em um galpão, repartido em dezenas de baias de madeirite, com fiação exposta, vários botijões de gás, vazamentos de água e telhado quebrado. Ambulantes relataram pagamentos semanais de R$45 a R$80 para armazenar um isopor ou carrinho no local. 
Apesar das condições impróprias, alimentos perecíveis eram armazenados ao ar livre, sem qualquer acondicionamento. 
Além de bebidas e alimentos, em um dos depósitos também foram recolhidos dispositivos eletrônicos como pen-drives, carregadores e brinquedos. O MP investiga os responsáveis por receberem os pagamentos.
Para o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Defesa ao Meio Ambiente (GAEMA/MPRJ), o promotor de Justiça Marcus Leal, a ocupação irregular de imóveis em condições precárias é um risco para a segurança da população de todo o entorno. 
“O Centro da Cidade do Rio de Janeiro é integrado por inúmeros imóveis antigos, muitos, inclusive, tombados, atualmente ocupados irregularmente e clandestinamente, com destinação de usos múltiplos. 
Esse cenário gera alto risco de acidentes, com reflexos diretos na integridade física das milhares de pessoas que circulam diariamente no local, além, obviamente, ao patrimônio cultural da Cidade”, disse.
Participaram da ação a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), agentes da Guarda Municipal (GM-Rio), da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), a Coordenadoria de Controle Urbano (CCU) e a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF), além da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), Comlurb e Vigilância Sanitária.
Leia Mais....

PRF prende ex-policial armado na Dutra

Suspeito apresentou identificação adulterada, além do porte ilegal de arma

Redação Rio Alerta


Um homem foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), suspeito por porte ilegal de arma de fogo, falsidade ideológica e uso de documento falso, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na terça-feira. 


O suspeito, de 28 anos, alegou ser policial, mas foi constatado que o mesmo já tinha dado baixa da corporação.

Segundo a PRF, equipes faziam um patrulhamento na pista sentido Belford Roxo, quando desconfiaram do motorista de um carro. 

Durante a ação, o homem identificou-se como policial, dizendo que fazia parte da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP). 

Na abordagem, agentes suspeitaram que a identidade funcional apresentada possuía indícios de adulteração. 

Foi constatado que o homem já havia dado baixa da Força Nacional. 

O suspeito estava com uma pistola e 39 munições em dois carregadores. 

Ao ser questionado, ele contou que andava armado por questões de segurança pessoal. 

A ocorrência foi registrada na 54ª DP (Belford Roxo).
Leia Mais....
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj