Jovem tailandesa é presa com 1 kg de cocaína no Galeão

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias, com R7


Uma tailandesa de 21 anos foi presa pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governado, zona norte do Rio, com quase um quilo de cocaína. 


Ela foi detida na tarde de terça-feira (22) tentando embarcar Roma, na Itália. 


Durante a revista de bagagens realizada por funcionários da Infraero com apoio da Polícia Federal foi observado que em uma mochila havia material suspeito. 


A passageira, então, foi retirada da aeronave. 


A cocaína estava em um fundo falso da mochila despachada como bagagem. 


Em depoimento prestado na Delegacia de Polícia Federal no aeroporto, a tailandesa não esclareceu onde conseguiu o entorpecente. 


Em conversa informal revelou, porém, que o destino da droga seria a Rússia. 


Autuada em flagrante por tráfico internacional de drogas, a tailandesa pode ser condenada a penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. 


Ela foi encaminhada ao sistema prisional do Estado do Rio.
Leia Mais....

Homem morre ao perder controle do carro e despencar de viaduto na Barra




Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias

Foto: Luis Antonio\Rio Alerta

Um homem morreu ao perder o controle do carro e cair do viaduto de acesso à avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, na madrugada desta quarta-feira (23). 

O veículo capotou e parou na pista lateral da avenida das Américas, sentido zona sul. 

Um passageiro ficou ferido e foi levado ao hospital Lourenço Jorge. 

Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre o estado de saúde dele. 

No início da manhã, a pista estava interditada para a realização da perícia. O local foi liberado por volta das 7h30
Leia Mais....

Manifestação tem "lavagem" de calçada do TJ e fecha acessos de estação do metrô no Centro do Rio



Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias, com Agência Brasil e R7 

Um grupo de ativistas políticos promoveu, no final da tarde de terça-feira (22), uma lavagem simbólica da calçada em frente ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

Eles protestam contra a prisão de manifestantes, acusados de participarem de atos violentos e indiciados pela Polícia Civil por associação criminosa.

Os ativistas usaram água sanitária e desinfetante, em alusão à prisão do morador de rua Rafael Braga. 
Detido desde o ano passado no Complexo Penitenciário de Bangu, Rafael Braga foi acusado de estar portando um coquetel-molotov durante protesto de rua. No entanto, há informações que ele estava carregando produtos de limpeza.
Com palavras como "Presos políticos, Liberdade já. 
Lutar não é crime, vocês vão nos pagar", os manifestantes discursaram em frente ao tribunal e criticaram a decisão judicial, em que foi decretada a prisão preventiva dos jovens.
Dezenas de cartazes e faixas foram estendidos na calçada, pedindo a libertação dos ativistas, presos no dia 12, antes da final da Copa do Mundo. 
Ele foram liberados por decisão do desembargador Siro Darlan, que acatou pedido de habeas corpus, mas as prisões foram decretadas novamente, desta vez, preventivamente.
O protesto chamou a atenção do aposentado José Maria de Oliveira, de 88 anos, que contou ter sido preso e torturado durante a ditadura militar.
— Foi um julgamento político contra esses jovens, puramente para amedrontar a juventude brasileira — disse, ao relatar ter sofrido torturas, junto com a esposa, por atuar em uma organização de esquerda.
Após o ato, o grupo decidiu seguir em passeata até a Cinelândia. 
Uma pista da avenida Rio Branco chegou a ser interditada, mas foi liberada por volta das 19h40, segundo o Centro de Operações. 
De acordo com o Metrô Rio, os acessos Theatro Municipal e Rio Branco da estação Cinelândia foram fechados por volta das 19h30 devido a manifestação.
Leia Mais....

OAB e sociedade civil fazem ato contra prisão de ativistas no Rio, e manifestação prevista

terça-feira, 22 de julho de 2014
Protesto contra a Copa do Mundo na Praça Saens Pe a. Os manifestantes pretendiam seguir em direção ao Estádio Maracanã, mas foram impedidos por um forte esquema de segurança (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias, com Agência Brasil

Com plenário lotado, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e organizações sociais fazem hoje (22) ato em defesa do Estado Democrático de Direito e contra a prisão de ativistas no Rio de Janeiro. 

A Justiça determinou a prisão de 23 pessoas por participação em atos violentos, com base em investigação da Operação FireWall, da Polícia Civil.

O ato dará origem a um manifesto que será entregue a autoridades no Brasil e a entidades de defesa de direitos humanos como a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização dos Estados Americanos (OEA).

Advogados, ativistas, intelectuais, parlamentares, magistrados, jornalistas e parentes de presos políticos do regime militar e daqueles que estão presos participam do protesto, na sede da OAB no Rio, no centro da cidade.

Durante a abertura, o vice-presidente da OAB no Rio de Janeiro, Ronaldo Cramer, destacou uma série de direitos violados no curso do processo contra os ativistas. 

Em especial, em relação à defesa. 

"São advogados com dificuldade de acesso aos autos, de falar com magistrados, de saber quais são as provas contra seus clientes", destacou. 

Advogado de ativistas inidiciados, dos quais três permanecem presos, Marino D'Icarahy voltou a denunciar, durante o ato, que nao teve acesso aos autos. "Estou com colegas no fórum há dias e não consegui fazer cópias do processo para analisar as provas contra cada um", informou.
A presidenta da Comissao Estadual da Verdade, Nadine Borges, criticou o vazamento de informações do processo para a imprensa. 

"O desembargo Siro Darlan [que concedeu habbeas corpus a ativistas na sexta-feira] não teve acesso aos autos e concedeu o habbeas corpus - direito fundamental que só ditadura negou. 

Poucas horas depois o Ministerio Publico [Estadual] denuncia as mesmas pessoas e a Justiça concede ordem de prisão. 

Ao mesmo tempo a imprensa divulgou tudo, nome e dados dos acusados, informações  que nenhum advogado, juiz e desembargado teve acesso."

Às 17h, está prevista uma manifestação em frente ao Tribunal de Justica do Rio.
Leia Mais....

Problemas na rede aérea param trem por cerca de dez minutos na zona norte; passageiros caminham pelos trilhos



Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias

Um problema no pantógrafo (equipamento que faz ligação entre a rede aérea e o trem) parou por dez minutos a circulação de uma composição do ramal Santa Cruz, que seguia de Queimados para a Central do Brasil, por volta das 8h30 desta terça-feira (22). 

Por conta do problema, o trecho entre São Cristóvão e Central do Brasil ficou sem energia. 

Os ramais Japeri e Santa Cruz foram afetados. 

De acordo com a Supervia, passageiros forçaram as portas do trem e caminharam pelos trilhos até a estação São Cristóvão. 

Segundo a concessionária, às 9h30, a circulação nos ramais afetados havia sido normalizada.
Leia Mais....

Justiça dá liberdade a 2 ativistas em acusação de porte ilegal de armas, mas eles seguirão em prisão preventiva

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias 

A Justiça do Rio concedeu liberdade provisória aos ativistas Camila Jourdan e Igor D’Icarahy detidos no último dia 12 durante a Operação Firewall. 

A decisão da 34ª Vara Criminal corresponde à acusação de porte ilegal de arma. 

Apesar disso, os dois continuarão em prisão preventiva em decorrência da acusação de associação criminosa relacionada aos atos violentos em manifestações no Rio. 
Leia Mais....

Manifestação fecha pista da BR-101 no sentido ES


Bruno Oliveira, Redação Rio Alerta notícias 

A pista sentido Espírito Santo da BR-101/RJ foi bloqueada na tarde desta segunda-feira (21) na altura do km 311, na região de São Gonçalo (RJ), devido a uma manifestação. 

Por volta das 19h, a via já estava totalmente liberada. 

No horário, havia lentidão do km 319 ao 311, entre as regiões da avenida do Contorno e São Gonçalo. 

O trânsito é reflexo das manifestações ocorridas no km 311. 

Também no sentido Espírito Santo, a concessionária realiza obras.
Leia Mais....

Publicidade

 
RIO ALERTA © Rio Alerta comunicação, Rio de Janeiro 2013-2014 | Por: Template Para sites e Rio Alerta