#JORNALISMO

#JORNALISMO

Após obras do metrô, trânsito será liberado em trecho da rua Barão da Torre, em Ipanema

terça-feira, 3 de março de 2015

Redação Rio Alerta notícias 

A rua Barão da Torre será parcialmente liberada no sábado (7), no trecho entre as ruas Farme de Amoedo e Joana Angélica. 

O sentido da via, que anteriormente estava em mão dupla, será em mão única para a praça Nossa Senhora da Paz. 

Será permitido estacionar no lado ímpar da rua, com restrições no lado par. As obras do metrô foram finalizadas no local.

De acordo com o Consórcio Linha 4 Sul, responsável pela implantação da linha 4 do metrô, a previsão de liberação total da via é na segunda quinzena de março. 

Novas redes de águas pluviais, esgoto, energia elétrica e TV a cabo estão sendo implantadas na região. 

Segundo o consórcio, também estão sendo realizados reparos e restaurações nos edifícios afetados pela obra nesta rua.
Leia Mais....

Jovem com esquizofrenia desaparece após chegar à universidade na zona norte do Rio



Redação Rio Alerta notícias 

Um jovem portador de esquizofrenia desapareceu na manhã de segunda-feira (3), após chegar à faculdade na Tijuca, zona norte do Rio. 

De acordo com amigos, Igor Felipe Rodrigues do Val, de 25 anos, saiu de casa às 7h para assistir uma aula na Universidade Cândido Mendes, na rua Conde de Bonfim, próximo à rua Uruguai, e não foi mais visto.

Aos familiares, o porteiro de plantão no horário disse ter visto Igor entrando no campus, mas não o viu sair. 
O professor que daria aula para ele no dia disse que o jovem não assistiu aula. Segundo os amigos, Igor normalmente vai de táxi para a universidade e volta para casa, na avenida Maracanã, a pé.
A família foi à DDPA (Delegacia de Descoberta de Paradeiros), na Cidade da Polícia, zona norte do Rio, registrar a ocorrência. 
Um cartaz com a foto do rapaz foi divulgada pela especializada. Segundo a família, a imagem foi encaminhada para o Disque-Denúncia, e os agentes disseram que iriam à universidade hoje. Quem tiver informações sobre o paradeiro do jovem deve ligar para o telefone (21) 2202-0338.
Leia Mais....

Mulher cai na linha férrea ao tentar embarcar em trem do ramal Santa Cruz


Redação Rio Alerta notícias 

Uma mulher caiu no vão entre o trem e a plataforma ao tentar embarcar em uma composição na estação de Bangu, na manhã desta terça-feira (3). 

Segundo a SuperVia, o caso aconteceu por volta das 6h10. A passageira estava embarcando em um trem extra que saía de Bangu, zona oeste, para a Central do Brasil, e ficou presa no vão.

Agentes do Samu foram acionados para ajudar no socorro. 

A vítima foi retirada e atendida no local. De acordo com a concessionária, o trem extra, que sairia às 6h12, saiu às 7h02. 

Nesse intervalo, a circulação no ramal Santa Cruz ficou regular e os passageiros puderam seguir viagem em outras composições.
Leia Mais....

Engavetamento envolve ao menos três viaturas da PM na avenida Brasil no Rio

segunda-feira, 2 de março de 2015


Redação Rio Alerta notícias 

Um engavetamento envolveu ao menos sete viaturas da Polícia Militar na avenida Brasil, altura de Realengo, nesta segunda-feira (2). Não houve feridos no acidente.

Segundo a Polícia Militar, os setes carros do Batalhão de Angra dos Reis (33º BPM) retornavam ao Cefap (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças) quando engavetaram. 
O BPVE (Batalhão de Policiamento de Vias Especiais) esteve no local para registrar o acidente. O Centro de Criminalísitca da Polícia Militar realiza perícia no local. 
Leia Mais....

Torcedores arremessam pedra trem e invadem estação na zona norte do Rio



Redação Rio Alerta notícias 

Um trem da Supervia, que é utilizado para serviços de manutenção do sistema ferroviário, foi atingido por uma pedra arremessada por um torcedor quando trafegava próximo a estação Silva Freire, no Méier, zona norte do Rio, no domingo (1°). 


Segundo a Supervia, o torcedor que arremessou a pedra estava em uma linha paralela com destino à estação Maracanã, zona norte do Rio.

De acordo com a Supervia, com o impacto o para-brisa do veículo quebrou e a pedra atingiu o condutor, provocando ferimentos leves. Ainda de acordo com a Supervia, às 15h os torcedores que se dirigiam ao estádio do Maracanã invadiram a estação Marechal Hermes, pularam as catracas e muros.
Após o jogo, por volta das 20h30, membros de torcidas organizadas também pularam as catracas na estação Madureira, e por alguns minutos impediram que um composição prosseguisse viagem com destino a Santa Cruz, sendo necessário o apoio de policiais do GPFer (Grupamento de Policiamento Ferroviário) e do GEPE (Grupamento Especial de Patrulhamento em Estádios) para restabelecer a ordem no local.
Em nota, a Supervia informou que desde o início deste ano, 23 trens de passageiros já tiveram os vidros das cabines de maquinistas integralmente substituídos. 
Em 2014, a concessionária realizou esse tipo de reparo em 117 trens, e mais 40% dos casos registrados ano passado foram em composições novas. 
Leia Mais....

Mulher é sequestrada no shopping da Gávea


Redação Rio Alerta notícias

Uma mulher sofreu sequestro relâmpago no estacionamento do Shopping da Gávea, na zona sul do Rio, na última quinta-feira (26). 

A vítima, que não foi identificada, foi levada por dois homens dentro de seu próprio carro para uma agência bancária.

De acordo com a vítima, ela foi obrigada a sacar R$ 30 mil e entregar aos bandidos. Em seguida, ela foi liberada. Segundo a polícia, as imagens de câmeras de segurança do estacionamento podem ajudar na identificação dos suspeitos.
O caso foi registrado na delegacia da Gávea. Segundo a polícia, testemunhas estão sendo chamadas para prestar depoimento.
Em nota, a assessoria do Shopping da Gávea informou que tomou conhecimento da ocorrência envolvendo a clientes um dia após o crime e que prestou solidariedade à vítima. 
Segundo o estabelecimento, desde então, o shopping vem colaborando com as autoridades para a apuração dos fatos.
Leia Mais....

Clínicas do Rio são autuadas pelo Procon por manter vacinas fora do prazo de validade



Redação Rio Alerta notícias

O Procon-RJ autuou 13 clínicas particulares da cidade do Rio nesta segunda-feira (2) por irregularidades como licença sanitária e vacinas fora do prazo. Três clínicas passaram pela vistoria sem serem autuadas.

Na filial da clínica Kinder da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, foram encontrados quatro frascos de vacinas sem informações sobre prazo de validade. Na clínica Prevcenter, no mesmo bairro, havia duas vacinas vencidas. 
As clínicas Kinder, no Leblon, zona sul do Rio, Neovacinas, em Botafogo, na zona sul do Rio, e nas unidades da Barra e do Méier, na zona norte, da clínica Vaccini foram autuadas por não informar ao público que as vacinas do calendário de vacinação estão disponíveis na rede pública de saúde.
As oito clínicas autuadas pela ausência de licença sanitária têm 48 horas para apresentarem o documento de regularização.
Confira o balanço
 Balanço da Operação Anticorpos
 1 - Prevcenter (Av. Das Américas, 3255, sl 252 - Barra da Tijuca): Ausência do CDC para consulta. Ausência do Livro de Reclamações. 
Ausência do cartaz do Disque 151. Duas vacinas pneumocócica 13 valente vencidas, uma em 07/13 e outra em 04/14, sendo que uma delas não continha líquido.
2 - Vaxx (Av. Dom Helder Câmara, 6548 - Pilares):Ausência do CDC para consulta. Ausência de cartaz do Disque 151. Ausência do Livro de Reclamações. Licença Sanitária vencida, prazo de 48h para apresentação sob pena de interdição.
3 - Kinder (Av. Ataulfo de Paiva, 135 – Leblon): Ausência de CDC para consulta. Ausência do Disque 151. 
Prazo de 48h para apresentar o alvará de licença sanitária. Não há informação no calendário de vacinação de que as vacinas nele constantes são administradas gratuitamente nos postos de saúde públicos.
4 - Prophylaxis (Botafogo): Ausência de CDC para consulta. Ausência de Livro de Reclamações. Ausência do cartaz do Disque 151.
5 - Vaccini (Av. Armando Lombardi 1000, blc 1, loja 107 – Barra da Tijuca): Ausência de CDC para consulta. Ausência do cartaz do Disque 151. 
O calendário de vacinação afixado não apresenta em destaque as vacinas que são administradas no serviço publico de saúde. 
Não foi apresentada a licença sanitária válida, prazo de 48 h para apresentação de licença sanitária adequada.
6 - Vaccini (Rua Dias da Cruz, 215 SS 101 – Méier): Ausência do Livro de Reclamações. Calendário de vacinação afixado não apresenta em destaque que as vacinas são administradas gratuitamente no serviço publico de saúde. Não foi apresentada licença sanitária valida, prazo de 48 h para apresentação sob pena de interdição.
7 - Neovacinas (Rua Real Grandeza, 139 – Botafogo): Ausência de preço das vacinas. Ausência do Livro de Reclamações. Não dispõe o calendário de vacinação em local visível. Licença vencida em 9/01/2015. Dado prazo de 48 h para apresentação sob de interdição.
8 - Kinder (Rua Conde de Bonfim, 255 lj 101 – Tijuca): Calendário de vacinação afixado não apresenta em destaque que as vacinas são administradas gratuitamente no serviço público de saúde. 
Não foi apresentada licença sanitária válida, prazo de 48 h para apresentação sob pena de Interdição.
9 - Kinder (Shopping Downtown): Apenas o protocolo de revalidação da autorização da vigilância sanitária. Prazo de 48h para apresentação da autorização sob pena de interdição. Havia quatro frascos de vacinas manipuladas, contendo cinco doses cada um, sem especificação de validade. Ausência do CDC para consulta.
10 - Vaccini (Rua Barata Ribeiro, 370 Copacabana): Duas reclamações registradas no Livro de Reclamações não enviadas dentro do prazo. Havia um extintor vencido em janeiro de 2015.
11 – Prophylaxis (Av. das Américas, 6700 – Barra da Tijuca): Ausência do Livro de Reclamações. Ausência do cartaz do Disque 151.
12 - Prophylaxis (Praça Saens Pena, 45 sala 704 – Tijuca): Calendário de vacinação afixado não apresenta em destaque que as vacinas são administradas gratuitamente no serviço público de saúde. 
Não foi apresentada licença sanitária válida, prazo de 48 h para apresentação sob pena de Interdição. Ausência do cartaz do Disque151. Ausência do CDC para consulta. Ausência do Livro de Reclamações.
13 – Prevcenter (Rua Siqueira Campos, 93 - Copacabana): Ausência do CDC para consulta. Ausência do Livro de Reclamações.
Leia Mais....

Publicidade

 
RIO ALERTA © Rio Alerta comunicação, Rio de Janeiro 2013-2015 | Por: Template Para sites e Rio Alerta