O menino de oito anos que aspirou um prego há quatro meses passou por uma broncoscopia, procedimento para retirada do objeto, nesta quarta-feira (22), no Hospital Federal de Bonsucesso, zona norte do Rio. Segundo os médicos, o procedimento durou uma hora e o prego não foi aspirado porque está em uma região mais profunda e agora só poderá ser retirado com uma cirurgia.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Redação Rio Alerta notícias

O menino de oito anos que aspirou um prego há quatro meses passou por uma broncoscopia, procedimento para retirada do objeto, nesta quarta-feira (22), no Hospital Federal de Bonsucesso, zona norte do Rio. 


Segundo os médicos, o procedimento durou uma hora e o prego não foi aspirado porque está em uma região mais profunda e agora só poderá ser retirado com uma cirurgia.


Roger da Conceição está a internado há duas semanas e já passou por quatro hospitais até conseguir atendimento. Segundo a mãe do menino, a família só descobriu que ele aspirou o prego há 10 dias, depois que ele começou a ter febre e sentir dor. 
A criança foi levada para o hospital e foi feito um exame de raio-X, no qual foi possível ver o prego no pulmão do garoto. Ainda segundo a mãe, até agora Roger só contou para família que estava brincando quando avó pediu para ele tirar o prego da boca.
— Não sabíamos, até então ele diz que não engoliu. O que sabemos é que ele aspirou, ele não engoliu o prego, porque segundo os médicos, o prego está na veia respiratória do pulmão dele.
A mãe também contou que os médicos informaram que esse prego está no pulmão dele a cerca de três ou quatro meses.
Roger passou pelo Hospital de Queimados, Hospital Eden, Hospital Souza Aguiar e Hospital Federal de Bonsucesso. 
Segundo a família, no Souza Aguiar o menino recebeu antibiótico, soro, dipirona para febre e mais nada. O procedimento não foi feito na unidade porque era preciso um equipamento flexível e eles só tinham um rígido, de acordo com os médicos. 
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj