Alemão pode ter sido esfaqueado antes de explosão em prédio de São Conrado

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Redação Rio Alerta notícias

A polícia investiga se o alemão que morava no apartamento que explodiu em São Conrado, zona sul do Rio, na segunda-feira (18), foi vítima de esfaqueamento. Um assaltante pode ter invadido o local onde Markos Muller residia. 


A suspeita foi levantada após o médico que está tratando do alemão no Hospital Miguel Couto ter dito ao delegado que ele tem várias marcas de facadas por todo o corpo. 

As marcas, no entanto, podem ter sido causadas por estilhaços de vidros decorrentes da explosão, que ocorreu na cozinha.

A corporação também trabalha com a hipótese de Muller ter tentado cometer suicídio. A perícia já foi realizada, e a equipe médica do hospital será ouvida. A proprietária do apartamento 1001, que era alugado pela vítima, prestou depoimento na delegacia.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj