"Mãe, tá doendo", diz menino após ser abusado sexualmente por dois pedreiros na zona oeste do Rio

sexta-feira, 22 de maio de 2015


Redação Rio Alerta notícias, com Rede Record

Dois pedreiros foram presos por abuso sexual de um menino de apenas cinco anos em Santa Cruz, zona oeste do Rio. 


Após quatro meses de investigação, os irmãos Leonardo Ventura de Oliveira e Jefferson Augusto Ventura Correia foram encontrados e detidos. Exames do IML (Instituto Médico-Legal) e laudos psicológicos comprovaram que a criança foi violentada.

A mãe do menino, que não quis se identificar, contou à reportagem da Rede Record que estranhou o comportamento dele.
— O tio dele chamou pra soltar pipa e ele foi, só que ficou o dia inteiro sentado. Aí à noite, ele: 'Mãe, tá doendo'.
O garoto foi buscar uma pipa que caiu em um terreno ao lado da casa onde mora. Nesse momento, ele foi abordado por dois homens que trabalhavam em uma obra. Durante 30 minutos, os pedreiros ameaçaram e violentaram o menino.
O delegado do caso, Daniel Mayr, acredita que os irmãos possam ter feito outras vítimas.
— Geralmente o autor do crime sexual, nesses casos, ele não pratica uma vez só. É muito importante a divulgação das imagens e, por ventura, quem tiver sido vítima desses dois autores, pode ir na delegacia que registrou e comunicar o fato 
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj