Cinco pessoas são baleadas durante tiroteio em frente ao metrô de Irajá; aliança salvou vítima

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Redação Rio Alerta notícias

Cinco pessoas ficaram feridas durante um tiroteio próximo à estação de metrô em Irajá, zona norte do Rio, na noite desta quinta-feira (25). 


Três inocentes que estavam no local foram atingidos por balas perdidas e encaminhados para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha. 

Um senhor foi salvo pela aliança que usava, já que o disparo quebrou o anel. Outros dois suspeitos também foram baleados e um menor foi apreendido. O quarto homem que teria envolvimento no confronto conseguiu fugir.

A perseguição começou após quatro suspeitos roubarem um carro em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Na avenida Monsenhor Félix, em Irajá. Um dos veículos tinha 20 marcas de tiros. O outro automóvel parou ao colidir com um poste de sinalização.
Seu José, de 78 anos, estava em um ônibus e foi baleado no dedo. A aliança dele se partiu ao meio e evitou que o dano fosse maior. Ele passou por cirurgia e deixou a unidade hospitalar acompanhado pela mulher.
A taxista Bruna Neves Cristina Siqueira, de 31 anos, foi atingida na perna por um tiro de fuzil. Ela estava trabalhando na área e explicou que o disparo causou uma fratura exposta.
— O tiro fez estrago, mas não quebrou nenhum osso. Tive fratura exposta, perda de tecido, os tendões estão a mostra. Procuro nem ver pra não me assustar muito, mas tá tudo certo.
Segundo a PM, uma terceira pessoa que estava em ônibus também ficou ferida no ombro.
Dois suspeitos estão internados sob custódia e um menor foi levado para a delegacia da Penha (22ª DP). A polícia acredita que eles são de uma comunidade na Baixada Fluminense.
Os agentes apreenderam duas pistolas na ocorrência.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj