Estudante que teve braço amputado após se acidentar durante assalto segue internada na UTI

quarta-feira, 17 de junho de 2015


Redação Rio Alerta notícias


A estudante Naiara de Souza Ramalho Vacarri, de 27 anos, que teve o braço direito amputado após o membro ficar preso na porta do trem durante um assalto, permanece internada na UTI. Segundo a assessoria do Hospital da Posse, o quadro de Naiara é estável. 

A jovem não tem previsão de alta e as equipes do Serviço Social e Psicologia do hospital continuam prestando apoio à estudante.

A jovem tentava se desvencilhar da ação de assaltantes quando ficou presa na porta da composição com uma mochila. 
Desesperada, ela caiu no vão entre o vagão e a plataforma, mas, mesmo assim, o trem seguiu viagem. 
Os passageiros tiveram de gritar para alertar o maquinista de que havia uma pessoa em apuros. O caso aconteceu na estação de Edson Passos, na Baixada Fluminense.
Por meio de nota, a SuperVia informou que prestou auxílio imediato para a passageira. A concessionária disse ainda que a segurança pública no sistema ferroviário é atividade exclusiva do governo do Estado, por meio do Grupamento de Policiamento Ferroviário, que teve o efetivo reforçado recentemente.
De acordo com a 53ª DP (Mesquita), as investigações estão em andamento. Testemunhas estão sendo ouvidas. Segundo investigadores, não há câmeras de segurança na estação. 
Agentes realizam diligências em busca de informações e de outras testemunhas. A polícia vai apurar se houve negligência por parte da SuperVia.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj