Defensoria Pública vai pedir indenização para família de office-boy morto no metrô do Rio

quinta-feira, 16 de julho de 2015


Redação Rio Alerta notícias

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro anunciou, nesta quarta-feira (15), que vai pedir indenização para os parentes de Alexandre de Oliveira.

O office-boy foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) no metrô da Uruguaiana, centro do Rio, na última sexta-feira (10) .

O coordenador do Nudedh (Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos), defensor público Fábio Amado, também vai assumir pessoalmente a defesa da família. Edvardo Camelo Costa, de 47 anos, é apontado pela polícia como autor do crime.

Ele foi reconhecido pelo irmão nas imagens captadas pelas câmeras do sistema interno de segurança do metrô.

Na última segunda-feira (13), a Justiça expediu um mandado de prisão contra o suspeito. O homem está foragido. O Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 1.000 por informações que levem a prisão de Edvardo Camelo Costa.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj