PGJ pede à Seap imagens da cadeia de Benfica

quarta-feira, 29 de novembro de 2017


Redação Rio Alerta


O procurador-geral de Justiça do estado, Eduardo Gussem, pediu as imagens de vídeo do período em que o ex-governador Anthony Garotinho diz ter sido agredido por agentes penitenciários na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio. 


O ofício foi encaminhado ao secretário de Estado de Administração Penitenciária, Erir Ribeiro, e especifica os vídeos gravados pelas câmeras instaladas na galeria B no período entre 20h do dia 23 de novembro às 6h do dia 24 de novembro. 

No documento, Gussem esclarece que o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) recebeu informações de possível edição das imagens disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

 Garotinho prestou queixa na 21ª DP (Bonsucesso) alegando que foi agredido. Em depoimento na delegacia, o ex-governador contou que invadiram a cela dele e o agrediram com golpes de porrete no joelho e um pisão no pé. Ele também teria sido ameaçado.
De acordo com Carlos Azeredo, advogado de Garotinho, o ex-governador foi socorrido pelo médico e ex-secretário de Saúde do governo Cabral, Sérgio Cortes. 
Sergio Cabral, Sérgio Côrtes e outros políticos e empresários acusados de participar da organização criminosa que saqueou os cofres do Estado do Rio também estão presos em Benfica. 
Segundo Azeredo, Garotinho relatou que uma pessoa invadiu a cela dele e "deu um porrete no joelho e um pisão no pé". 
Além disso, o advogado contou que o ex-governador foi ameaçado.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj