TRF determina que Picciani e outros dois voltem para a prisão

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Redação Rio Alerta

O TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) determinou, em sessão extraordinária na tarde desta terça-feira (21), a volta dos deputados estaduais Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, para a prisão. 

Além do relator, os outros quatro desembargadores que participaram da sessão votaram a favor das prisões, que foi determinada por unanimidade. 

Na quinta-feira (16), a Justiça Federal já havia determinado a prisão dos deputados. 

Porém, no dia seguinte, os três investigados na operação Cadeia Velha foram soltos após decisão da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

Durante a sessão, o relator Abel Gomes afirmou que só tem direito de mandar soltar quem prende, e que essa decisão não caberia à Alerj.  
Ele pediu novamente a prisão preventiva dos três deputados e criticou o impedimento da entrada do oficial de Justiça na Casa, na última sexta-feira (17).
Já o desembargador Messod Azulay disse que houve descumprimento da decisão anterior do TRF, e que o legislativo perdeu a chance de "apagar uma página negra da Alerj". Também votaram os desembargadores Paulo Espírito Santo, Simone Schreiber e Marcelo Granado.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj