Capitania dos Portos realiza inspeção final nas balsas para o Ano Novo

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017


Redação TV Rio Alerta


A Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ) realizou nesta sexta-feira a inspeção final nas balsas que serão utilizadas na queima de fogos nas praias de Copacabanam Flamengo e Icaraí, em continuidade à Operação Ano Novo 2018. 


A CPRJ vem fiscalizando as condições das balsas, dos rebocadores e das lanchas de apoio, todos envolvidos nas festividades do “Réveillon”, a fim de garantir que atendam ao padrão de segurança da navegação exigido pela Autoridade Marítima brasileira.

Além disso, a CPRJ estabelece o correto posicionamento das balsas, coordena o  movimento dos navios de cruzeiro e fiscaliza as embarcações que estarão no evento.
Este ano, na Praia de Copacabana, são esperados seis navios de passageiros e cerca de 250 embarcações de turismo náutico e de esporte e recreio. 
No dia 31 de dezembro, equipes de Inspeção Naval da CPRJ, distribuídas nas diversas marinas (Marina da Glória, Iate Clube do Rio de Janeiro, Clube Naval Charitas, Clube de Regatas Guanabara, Iate Clube Jardim Guanabara, Iate Clube Icaraí e Iate Clube de Ramos), inspecionarão os barcos de turismo náutico e de esporte e recreio que irão para as áreas dos espetáculos, visando prevenir a presença de embarcações que não possuam os requisitos de segurança exigidos pelas normas.

Os comandantes das embarcações receberão uma pulseira, que deverá ficar atada ao pulso, para comprovar que a embarcação foi inspencionada previamente. 
Os barcos maiores ficarão próximos à entrada da Baía de Guanabara e os menores permanecerão próximos ao Forte de Copacabana. 
A medida é uma fora de previnir ultrapassagens perigosas, já que no final do evento os barcos maiores e mais velozes se deslocarão na frente dos menores e mais lentos. 
Uma área próxima ao Forte de Copacabana será destinada ao refúgio de embarcações pequenas em caso de mau tempo repetino.
Durante a Operação "Ano Novo 2018", a CPRJ empregará, sob sua coordenação, um helicóptero, um navio-patrulha, um aviso de patrulha, cerca de 27 embarcações de pequeno e médio portes e 200 militares. 
Serão distribuídas 18 balsas nas orlas do Rio de Janeiro e Niterói, sendo 11 em Copacabana, duas no Flamengo e cinco em Icaraí.  
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj