Palco da virada em Copacabana está quase pronto e já atrai turistas

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017
Resultado de imagem para palco copacabana

Redação TV Rio Alerta


O trabalho incessante dos operários e técnicos garante os últimos retoques à imensa estrutura que será palco dos shows da passagem de ano na Praia de Copacabana, zona sul do Rio. 


A imponência do palco chama a atenção dos turistas que já chegam aos milhares à cidade. 

Todos querem uma foto em frente ao local, onde se apresentarão artistas consagrados da música popular brasileira na noite do dia 31 e nos primeiros minutos do dia 1º.

Nesta quarta-feira (27), um grupo de turistas vindos do Rio Grande do Sul fazia planos para a festa, enquanto procurava os melhores ângulos para fotografar o local da virada. 
A maioria estava no Rio pela primeira vez e veio conferir de perto a queima de fogos mais famosa do Brasil, que este ano terá duração de 17 minutos.
“Chegamos hoje. É a primeira vez. A expectativa é de uma festa linda e inesquecível, principalmente pelos fogos. Os shows também serão maravilhosos”, disse Daniela Kliemann, que trabalha como supervisora comercial no município gaúcho de Venâncio Aires.
A empolgação também era grande para o fotógrafo Marcelo Correa, de Santa Cruz do Sul (RS). Ele já esteve antes no Rio, mas nunca passou o Réveillon na cidade.
“Quero muito ver os shows e a beleza dos fogos. A minha maior expectativa é pela [cantora] Anitta”, afirmou.
A cantora de Vai, Malandra se apresentará logo após a queima de fogos e deve garantir muita agitação para a multidão de turistas e fãs. Antes dela, haverá shows do grupo Cidade Negra e de Frejat. Mas o primeiro teste do megapalco será na sexta-feira (29), com um baile-show da Orquestra Tabajara, às 21h.
Haverá queima de fogos e shows no réveillon em outros oito pontos do Rio: Flamengo, Ilha de Paquetá, Ilha do Governador, Sepetiba, Guaratiba, Penha, Parque Madureira e Ramos.
Já no dia 6, os cariocas e turistas que permanecerem na cidade terão outra apresentação inesquecível. 
Baterias das escolas de samba do Grupo Especial, com 100 ritmistas de cada uma das 13 escolas, sairão do Leme e do Posto 6 de Copacabana para se juntar à Orquestra Petrobras Sinfônica. 
A proposta é que haja uma união de ritmistas formando a maior bateria e que gere entrada no Guinness, o Livro dos Recordes. 
Neste dia, o palco de Copacabana se transforma em um grande pandeiro, marcando o encerramento da programação do réveillon e a abertura da temporada de carnaval.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj