Suspeitos furam blitz do Exército e atropelam dois soldados na Vila Militar

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017


Redação TV Rio Alerta


Dois suspeitos em um veículo furaram barreiras do Exército dentro da Vila Militar, na Zona Oeste, e atropelaram dois soldados, na noite desta quarta-feira. 


Eles acabaram interceptados em um segundo bloqueio e foram baleados por paraquedistas. Um deles morreu no local.

Segundo informações, o carro com os dois suspeitos furou o bloqueio de militares do Exército na altura do Banco Itaú. 
As outras bases foram informadas dos suspeitos em fuga e dois soldados mais a frente tentaram impedir a passagem do veículo, mas acabaram atropelados. 
Já no final da Vila Militar, perto de Magalhães Bastos, uma segunda blitz tentou impedir novamente a passagem, mas eles desobedeceram e os militares da Brigada da Infantaria Paraquedista atiraram e balearam a dupla. 

A fuga da dupla teria começado ainda na Avenida Brasil, na altura de Ricardo de Albuquerque, quando o carro furou uma blitz da PM e eles teriam atirado. 
Uma testemunha disse à reportagem que passou de ônibus pelo local e viu a movimentação após o veículo ser interceptado pelos militares. 
"Estava no 393 (Bangu-Candelária) e vi dois soldados feridos no chão, um carro branco, perto do viaduto, estava com várias perfurações de tiros. 
Dentro dele tinha um homem que parecia já estar morto e outro estava fora do carro, também baleado", disse o técnico em uporte em informática Rafael Teixeira.
Os soldados atropelados, do 11º Batalhão de Polícia do Exército, foram socorridos no Hospital Geral do Rio de Janeiro, dentro da Vila Militar. 
Não há informações sobre o estado de saúde deles. A Polícia Militar foi acionada para o local da ocorrência. Procurada, ainda não deu mais detalhes sobre o caso. 
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj