Campanha quer prevenir desaparecimento de crianças no carnaval

terça-feira, 30 de janeiro de 2018
Bases do programa 'Segurança Presente' serão usadas para a campanha

Redação Rio Alerta


O S.O.S Crianças Desaparecidas, vinculado à Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), e a Polícia Militar promovem uma ação para prevenir o desaparecimento de crianças no Carnaval. 


A campanha acontecerá nesta quarta-feira, a partir das 11h, no Boulevard Olímpico, na Praça Mauá, no Centro. 

Segundo a entidade, o objetivo da ação é alertar os pais para a necessidade de reforçar a atenção com crianças e adolescentes durante o carnaval. 

Policiais militares e assistentes sociais vão distribuir mais de 40 mil pulseirinhas de identificação, folders explicativos e cartazes com a divulgação dos desaparecidos. 

A mobilização será realizada nas oito bases da Operação Segurança Presente, que são: Aterro do Flamengo, Lagoa Rodrigo de Freitas, Méier, Praça Quinze, Largo da Carioca, Central do Brasil, Boulevard Olímpico e Lapa.

"Nesse período do carnaval, o mundo passa por aqui. São turistas que vêm de toda a parte e chegam sem orientação. 
Por isso, a FIA e os policiais do Segurança Presente vão prestar um grande trabalho. Explicando a importância de as crianças já saírem de casa identificadas e, se não tiver a pulseira, que coloque um crachá ou um adesivo com nome e contato dos responsáveis. Esse trabalho em conjunto visa justamente criar uma rede de proteção e reforçar a necessidade da identificação", declarou América Tereza Nascimento da Silva, presidente da FIA.
Na pulseira de identificação, os pais e responsáveis devem escrever o nome da criança, o endereço e um telefone de contato. 
A medida ajuda na identificação e na localização da família, caso o menor se perca. 
A campanha em parceria com os agentes da Operação Segurança Presente começa nesta quarta-feira e vai até o final do carnaval. 
Em caso de desaparecimento de crianças ou adolescentes, o responsável deve procurar a delegacia de polícia mais próxima e fazer o Registro de Ocorrência imediatamente. Também deve cadastrar fotos e outros dados sobre a criança no site do programa S.O.S. Crianças desaparecidas (www.soscriancasdesaparecidas. rj.gov.br), que também atende pelos telefones: (21) 2286-8337 e (21) 98596-5296 (com WhatsApp).
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj