Homem é preso por matar mulher a pancadas em Ipanema

sábado, 20 de janeiro de 2018
Valter confessou ter matado mulher a pancadas após discussão

Redação Rio Alerta


Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) prenderam, na noite desta sexta-feira, Valter Higino, 53 anos, por assassinar Maria Lúcia Magalhães Carvalho, 62 anos, em Ipanema, Zona Sul do Rio, em setembro do ano passado. 


O homem confessou o crime na delegacia. 

Maria Lúcia foi morta dentro de seu apartamento, na Rua Barão da Torre, e seu corpo foi encontrado na banheira com um saco plástico na cabeça. 

Segundo as investigações da DH, a vítima foi vista com vida pela última vez em 10 de setembro. Desde então, até o dia 13, nenhuma pessoa estranha havia entrado no prédio ou no apartamento dela. Ainda conforme os agentes, Valter, responsável pela manutenção do prédio, foi visto no andar da vítima no dia 11. 

Ele revelou que atacou Maria Lúcia após se desentender com ela no dia do crime. 

Em depoimento, o homem afirmou que a vítima chamou sua atenção por ter deixado materiais de pintura em frente à porta de seu apartamento. 

Valter não gostou da atitude dela, esperou que ela se virasse e a empurrou fortemente pelas costas. 

As investigações apontaram que a agressão foi tão violenta que Maria Lúcia bateu com o pescoço numa cadeira antes de cair com a cabeça no chão e teve traumatismo raquimedular (lesão traumática na coluna vertebral com lesão medular). 

De acordo com a Polícia Civil, Valter ainda forjou o local do crime para parecer que a vítima morreu afogada na banheira e continuou trabalhando no prédio normalmente. Ele está preso preventivamente, por ordem do Plantão Judiciário.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj