Homem mordido por morcego faz peregrinação em hospitais

domingo, 14 de janeiro de 2018

Redação Rio Alerta 

Depois de ser mordido por um morcego dentro de uma casa no Leblon, o historiador Átila Roque enfrentou uma verdadeira peregrinação de mais de 24 horas para conseguir tomar o soro contra a raiva. 


A primeira parada foi no Hospital Rocha Maia, em Botafogo. 

Mas foi avisado de que não havia o medicamento na unidade. 

Ele, então, foi orientado pelos médicos a buscar atendimento no Hospital Souza Aguiar, no Centro. Fez a terceira tentativa no Hospital Lourenço Jorge, na Barra. 

Acabou voltando ao Souza Aguiar. 

Mais uma vez, sem sucesso. 

No dia seguinte, foi ao Centro Municipal Manoel José Ferreira, no Catete. 

Mas só conseguiu tomar a vacina ao retornar ao Lourenço Jorge.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj