Imagens de presépio da Arquidiocese do Rio são destruídas

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018


Redação Rio Alerta 


Vândalos destruíram diversas imagens de santos do presépio da sede da Arquidiocese do Rio de Janeiro, no Palácio São Joaquim, na Glória, Zona Sul do Rio, na madrugada de quinta-feira. 


Os criminosos chegaram a roubar ainda a imagem do menino Jesus. 

Idealizador da obra, o padre Wanderson José Guedes contou que soube da dinâmica do crime por meio de moradores de rua que se abrigam perto da estrutura do presépio.

"Um deles disse que um grupo veio e quebrou tudo assim que a chuva parou", explicou o sacerdote. 
Wanderson já faz o presépio há 13 anos. 
Ao todo, a obra reúne 72 peças de tamanho natural. "Isso nunca tinha acontecido antes", reforçou o padre, que registrou a ocorrência na 9ª DP (Catete).

No entanto, ele disse que esperava algum movimento de retaliação contra o presépio, já que a obra representava a luta contra a corrupção. 
"Acredito que não foi um crime de intolerância religiosa. 
Foi política mesmo, vi postagens na Internet dias antes. Algumas pessoas ficaram incomodadas", afirmou Wanderson, acrescentando que o ódio e a intolerância crescendo na sociedade. 
"Precisamos resgatar novamente nos nossos corações a capacidade de amar, que todo ser humano trás dentro de si", completou.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj