Crivella vistoria obras na ciclovia Tim Maia e na Praia da Macumba

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018
Crivella vistoria obras na ciclovia Tim Maia e na Praia da Macumba


Redação Rio Alerta 

O prefeito do município, Marcelo Crivella, vistoriou, as obras de recuperação do trecho da ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na Zona Sul do Rio, que afundou em consequência do forte temporal da madrugada de quinta-feira. 

Depois ele fez inspeção também em outra obra, a da Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. 

Crivella voltou a destacar que a cidade reagiu bem à chuva mais forte das últimas décadas. 

Ele estava acompanhado do secretário de Conservação e Meio Ambiente, Jorge Felippe Neto; do subsecretário de Infraestrutura, Sebastião Bruno; e do diretor da Rio-Águas, Cláudio Dutra.


"Temos a comemorar que não houve desabamento nos morros, 46 sirenes tocaram em 77 morros, e as pessoas saíram do local. 
Tivemos, sim, queda de muro de uma casa, propriedade privada que a prefeitura não tem responsabilidade direta. 
A drenagem da cidade funcionou bem", disse. 
O prefeito ressaltou também que, mesmo em viagem à Europa, orientou a equipe no trabalho de recuperação após o temporal. 
"Todas as decisões que o governo tomou, o protocolo que fizemos com a Light, para que as equipes da Light seguissem as da Comlurb, mesmo lá de fora eu estava acompanhando em vigília constante todos esses problemas", afirmou.
Em relação ao trecho da ciclovia, Crivella explicou que o afundamento do terreno se deveu ao excesso de peso causado pela grande quantidade de água que penetrou no terreno durante o temporal e provocou o rompimento da cobertura da galeria de drenagem, seis metros abaixo da superfície do solo. 
Com isso, o terreno cedeu e abriu-se uma cratera, que fez afundar a ciclovia naquele trecho.
Segundo a Secretaria municipal de Conservação e Meio Ambiente, após o término dos serviços, a Estrada do Pontal, liberada ao tráfego desde dezembro, receberá fresagem e nova pavimentação.
"Quem vier aqui agora vai ficar orgulhoso da engenharia municipal, porque foi uma obra exemplar. 
Acabamos de ter a pior tempestade que sofremos nos últimos 100 anos e não perdemos solo aqui, não houve rompimento do estaqueamento que foi feito aqui. Essa obra passou por um teste muito forte", completou o prefeito.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj