Forças de segurança fazem operação em comunidades do Rio

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018
Operação de forças de segurança acontece na Cidade de Deus e outras comunidades do Rio

Redação TV Rio Alerta


Uma operação é realizada por forças de segurança do estado, federal e Forças Armadas, na manhã desta quarta-feira, na Cidade de Deus e outras comunidades da Região Metropolitana do Rio. 


A ação da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg) conta com as polícias Civil, Militar e tem o apoio das Forças Armadas com três mil militares, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional de Segurança.

Pelo menos oito pessoas já foram presas na ação que começou ainda durante a madrugada e todos estão sendo levados para a Cidade da Polícia. 
Na Cidade de Deus, cães farejadores do Batalhão de Ações com Cães (BAC) encontraram drogas. Não há relatos de tiros na comunidade de Jacarepaguá.
Segundo postagens em redes sociais, moradores disseram que estão sendo revistados a todo momento ao deixarem a comunidade. "Fui parado três vezes ao sair da comunidade por militares do Exército, fui tratado com respeito em todas vezes", disse um deles. 
Eles também relatam que o posto de saúde Hamilton Land não abriu por conta da operação e a feira realizada em uma rua da favela não acontecerá hoje.
Há barreiras, inclusive como tanques do Exército, e quem passa é revistado nas estradas Miguel Salazar Mendes de Morais, Gabinal e na Avenida Edgard Werneck. 
"Isso é só para inglês ver, daqui a pouco eles vão embora e vão voltar a começar a vender drogas na porta da nossa casa", disse uma moradora, sem se identificar.
As Forças Armadas estão responsáveis pelo cerco, desobstrução de vias e ações de estabilização. As tropas também estão realizando pontos de bloqueio, controle e fiscalização nos acessos à BR-101, na região de São Gonçalo, e realizam patrulhamento ao longo do Arco Metropolitano.
"Essa é uma operação que já estava planejada e infelizmente coincide com a violência que atingiu o Rio no dia anterior. 
São 3 mil homens que participam das três ações (Cidade de Deus, Arco e BR-101). Essa ação contribui para contrapor a escalada de violência que atinge a cidade. Seguiremos nessa operação dando apoio aos policiais militares e civis que cumprem mandados de busca e apreensão e de prisão na Cidade de Deus. Enquanto eles precisarem do nosso apoio, daremos”, disse o porta-voz do Comando Militar do Leste, Coronel Roberto Itamar.
Algumas ruas e acessos nas áreas onde acontecem as operações podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos. A ação é acompanhada do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova.
Além da operação das unificada das forças de segurança, pelo menos outras duas operações ocorrem em favelas do Rio: o 18ºBPM (Jacarepaguá) realiza uma operação na comunidade da Covanca, na Praça Seca, e uma outra operação acontece na Rocinha, em São Conrado. As duas favelas tem sido palco de confrontos intenso de criminosos que disputam as regiões.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj