Moradores do Rio protestam contra a falta de luz depois de temporal

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018
Árvore caída na Rua Pereira de Almeida, esquina com a Barão de Iguatemi, na Praça da Bandeira

Redação Rio Alerta


Manifestantes estão nas ruas, nesta sexta-feira, protestando contra a falta de luz na cidade, que já dura mais de 24 horas. 


O temporal da noite desta quarta-feira, que durou durante a madrugada de quinta, resultou em quedas de árvores e postes e vários pontos de alagamento, afetando a distribuição de luz por toda a cidade. 

Até o momento, não há relatos de confusões nos protestos. 

Segundo o Centro de Operações do Rio, a Avenida Brasil na altura da Fazenda Botafogo e da Vila Kennedy, na pista sentido centro, estão tendo bloqueios e o trânsito está lento da região. 

A Avenida Marechal Rondon também encontra-se ocupada por manifestantes, ocasionando retenções no trecho entre a Rua Frei Pinto e a Rua Samuel Guimarães. 

A Rua Magalhães Castro, em Riachuelo, na Zona Norte do Rio, também está sendo palco de manifestações. 

A Polícia Militar está acompanhando a situação de perto, mas não forneceu mais detalhes.

O Diretor de Engenharia da Light, Dalmer de Souza, declarou que 350 equipes, cerca de 1.500 profissionais, estão trabalhando para restabelecer o fornecimento de luz na cidade. Segundo ele, mais de mil árvores caíram nas redes da light e ocasionaram muito transtorno.

“Você quebra postes, quebra isolador, rompe condutores, e cada reforma dessa dura cerca de seis a oito horas”, disse. 

Ele também declarou que o temporal foi atípico e que espera normalizar a situação o mais rápido possível.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj