Detentas ficam feridas após colchão pegar fogo em cela do Complexo de Gericinó

sexta-feira, 20 de abril de 2018
Complexo de Gericinó, em Bangu

Redação Rio Alerta


Duas detentas ficaram feridas, na quinta-feira, após um colchão pegar fogo em uma das celas do Presídio Nelson Hungria, localizado no Complexo de Gericinó, em Bangu. 


Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), o incidente aconteceu após uma das mulheres acender um cigarro e deixa-lo acidentalmente queimar o colchão.


A internas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Hamilton Agostinho Vieira de Castro, no interior do Complexo, onde receberam os primeiros socorros. 
Em seguida, as duas foram transferidas para o Hospital Estadual Pedro II, onde existe tratamento especializado em queimados. 
Elas teriam ficado com 90% do corpo carbonizado. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.
Um técnico de câmera de monitoramento está verificando as imagens e um perito da Polícia Civil analisou o local para a elaboração de um laudo, que irá constatar a veracidade dos fatos contados pelas internas. 
A Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) e a Corregedoria da Seap também apuram o caso
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj