'Ela reclamava dos constantes roubos na região', diz amigo de mulher morta em loja na Tijuca

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Redação Rio Alerta

Morta com um tiro no peito dentro da loja Kalunga, na Tijuca, na tarde desta quarta-feira, Valdisa Mota de Souza, de 59 anos, reclamava da frequência dos crimes de roubo no bairro. 


Ela morava no Catumbi e trabalhava há pouco mais de um ano em um supermercado perto da papelaria, onde foi comprar um cartucho de impresso para os dois filhos usarem. 

"Ela reclamava dos constantes roubos aqui na região", disse Pedro Paulo, um amigo da família. 

Há informações de que ela passou antes em uma agência bancária e teria sacado dinheiro, o que teria levado a abordagem dos ladrões a ela. 

Um funcionário da loja também foi baleado na tentativa de assalto.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj