Mulher é esfaqueada durante tentativa de assalto dentro de trem

segunda-feira, 30 de abril de 2018
Resultado de imagem para Mulher é esfaqueada durante tentativa de assalto dentro de trem

Redação Rio Alerta Notícias 

Um mulher identificada como Daniela Souza, de 37 anos, foi esfaqueada durante uma tentativa de assalto, nesta segunda-feira, dentro do trem na estação Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. 


O caso aconteceu por volta das 17h15, e agentes da SuperVia acionaram o Corpo de Bombeiros. O criminoso conseguiu fugir.

Segundo a corporação, ela foi socorrida para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, no mesmo município. Ainda não há informações sobre quantas facadas ela levou nem seu estado de saúde.
De acordo com a SuperVia, o trem iria para Gramacho, mas teve a viagem cancelada para que a passageira recebesse atendimento médico. 
Os demais passageiros tiveram que ser transferidos e seguiram viagem em outra composição.
Em nota, a concessionária informou que "está à disposição das autoridades para auxiliar nas investigações".
"A SuperVia lamenta que a violência observada no Estado do Rio de Janeiro atinja também o sistema ferroviário, provocando mais uma vítima e impactando na locomoção da população que depende dos trens", diz trecho do comunicado enviado à imprensa.
A PM informou que agentes do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) auxiliaram no socorro de uma pessoa ferida por golpes de faca. "Não houve prisões relacionadas ao fato", dizia a nota.
Confira a nota da SuperVia na íntegra: 
"Por volta das 17h15 desta segunda-feira (30/04), agentes da SuperVia acionaram imediatamente o Corpo de Bombeiros para prestar auxílio a uma mulher ferida dentro de um trem, durante uma tentativa de assalto, na estação Saracuruna (ramal Saracuruna). 
O Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) também foi acionado. Já o assaltante fugiu do local. O trem partiria para Gramacho mas teve a viagem cancelada para que a passageira recebesse atendimentos médicos. Por isso, os demais passageiros foram transferidos e seguiram viagem em outra composição. 
A concessionária está à disposição das autoridades para auxiliar nas investigações da ocorrência.
A SuperVia lamenta que a violência observada no Estado do Rio de Janeiro atinja também o sistema ferroviário, provocando mais uma vítima e impactando na locomoção da população que depende dos trens do Rio. 
De acordo com o contrato de concessão, a segurança pública dentro do sistema ferroviário é de responsabilidade do Governo do Estado, que atua nas estações e trens por meio do GPFer. A SuperVia reforça a segurança com Policiais Militares contratados no Programa Estadual de Integração de Segurança (PROEIS). 
Além disso, a concessionária conta com equipe de agentes de controle distribuídos por todo o sistema ferroviário, cujas principais funções são informar, orientar e garantir o bem-estar e dos passageiros, além de acionar órgãos para atendimento especializado quando necessário, como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. 
Os agentes também realizam rondas em diversos pontos da malha ferroviária, que culminam, por vezes, na prevenção de crimes, prisão de suspeitos e recuperação de materiais.
Passageiros que presenciarem crimes em trens e estações também podem comunicar ao Disque-Denúncia pelo telefone (21) 2253-1177 ou enviar vídeos e fotos por meio do aplicativo do órgão (smartphones e tablets). O sigilo é garantido."
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj