Músico que tocou com Lulu e Gil morre atropelado

segunda-feira, 2 de abril de 2018
André Rodrigues morreu no Hospital Souza Aguiar

Redação Rio Alerta

O músico André Rodrigues, também conhecido como André Negão, de 50 anos, morreu na manhã de domingo após ser atropelado enquanto andava de bicicleta no Aterro do Flamengo, na Zona Sul. 


Baixista, ele já havia trabalhado com grandes nomes da música brasileira, como Lulu Santos, Gilberto Gil, Marina Lima, Maria Bethânia, Vanessa da Mata, Ana Carolina e Maria Rita.

Levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, ele sofreu três paradas cardíacas e não resistiu. O atropelador fugiu sem prestar socorro. 
Imagens de câmeras de segurança da região podem ajudar a Polícia Civil a chegar ao motorista. 
A 9ª DP (Catete) investiga o caso. O músico, muito querido no meio artístico, foi atropelado por um carro de cor escura, por volta das 6h30, na altura do Aeroporto Santos Dumont. 
Segundo bombeiros que o socorreram, ele estava lúcido quando foi encontrado ferido.
Nas redes sociais, artistas prestaram homenagens a André.
"Que tristeza isso tudo! Saber que nem procurando saúde, numa bike, temos segurança nesse estado de caos em que vivemos! Não se pode andar de bike! Era apenas andar de bike e tocar, curtir! Bondade em pessoa, um lúcido ligado nas melhores palavras e possiblidade de viver em paz. 
Vá com Deus, querido! Vai deixar saudades e um exemplo de existência que tá cada vez mais raro! Muito amor por onde estiver", escreveu Vanessa da Mata em sua página no Facebook.
No Twitter, Maria Rita demonstrou um misto de raiva e tristeza:
"Que covardia! Como é que não socorre?Como dorme à noite? Como olha nos olhos de alguém depois disso? Estou com muita raiva. 
Desculpem o desabafo. Abracem os seus. Não deixem aquele almoço 'pra matar saudades" pra depois', escreveu a filha de Elis Regina.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj