'Arrancaram um pedaço de mim', desabafa mãe de adolescente morta em assalto na Ilha

quarta-feira, 16 de maio de 2018
Soraia Macedo de Lemos

Redação Rio Alerta


A mãe da adolescente Soraia Macedo de Lemos, 17 anos, morta com um tiro na cabeça na noite desta terça-feira na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, após ter o celular roubado por bandidos, fez um longo e emocionante desabafo em uma rede social, na madrugada desta quarta-feira. 


 "Filha, sempre quis o melhor para você. Te abracei sempre que precisou dos meus abraços. Tentei te dar meu melhor. Choramos e rimos juntas. 

Te aconselhei em tudo em sua vida. Sempre tive orgulho de ter você como filha. Sou muito apaixonada por você. 

Parece que é mentira que vou acordar e não te ver mais. A ficha ainda não caiu. Meu eterno chorinho, minha menina boba levada. 

Arrancaram um pedaço de mim. Não sei o que vai ser de mim agora. Apenas 17 anos sonhando em ficar de maior. 

Uma menina cheia de esperança e com um futuro brilhante pela frente", lamentou Cristiane, mãe de Soraia. 

Segundo informações, a adolescente estava a cerca de 300 metros do Colégio Estadual Professora Maria de Lourdes de Oliveira Tia Lavor, que fica na Rua Sargento João Lopes, para onde seguia com a namorada para estudar, por volta das 19h. 

As duas usavam fones de ouvido quando foram abordadas pelos bandidos em uma moto, na Rua Estocolmo.

Soraia entregou o aparelho, mas os bandidos dispensaram quando viram se tratar de um iPhone e pediram o smartphone da outra jovem, que teria demorado a entregar. Os criminosos acabaram disparando, atingindo a vítima na cabeça. 
Ela chegou a ser socorrida ao Hospital Municipal Evandro Freire, no mesmo bairro, mas não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu próximo ao , na Rua Sargento João Lópes.
Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) foram acionados e estiveram no local local. Os policiais buscam imagens de câmeras de segurança e testemunhas que possam ajudar a identificar os autores do crime.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj