Interior fluminense: 50% dos postos já receberam pelo menos um carregamento de combustíveis

quarta-feira, 30 de maio de 2018
O diretor executivo da Petrobras, Nelson Luiz Silva, disse que a paralisação dos petroleiros por 72 horas não terá impactos na produção de combustível no país

Redação Rio Alerta


Cerca de 50% dos postos no interior fluminense já haviam recebido pelo menos uma carga de combustíveis, até as 12h desta quarta-feira. 


Os donos de postos estão na expectativa da velocidade da reposição desses estoques, já que as quantidades entregues até agora tem sido em geral pequenas, de cinco a dez mil litros, acabando rapidamente tão logo são colocadas à venda. 

O quadro geral do abastecimento no Estado só não está melhor devido à persistência de barreiras de manifestantes junto a trechos estratégicos do sistema rodoviário, havendo inúmeros relatos de motoristas ameaçados e carretas apedrejadas. 

O sindicato dos donos de postos, Sindestado-RJ, solicitou à Secretaria Estadual de Segurança, nesta terça-feira, especial atuação policial para a liberação da passagem nas barreiras existentes na altura de Magé, na BR-101, junto a Barra Mansa, Maricá e São Pedro da Aldeia, e também no trecho Macuco-Cordeiro.

O Sindestado-RJ está acompanhando atentamente os desdobramentos do movimento grevista dos petroleiros, pelo que pode representar de novas dificuldades para o fornecimento de combustíveis. 

Caso os manifestantes dos caminhoneiros sejam contidos, e não avance o movimento dos petroleiros, a normalidade nos postos poderá estar restabelecida em até sete dias.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj