MP-RJ investiga pagamentos ao Consórcio Linha 4 mesmo após paralisação das obras

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Redação Rio Alerta 


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) investiga se houve pagamentos ao Consórcio Linha 4 mesmo após paralisação das obras do metrô. 


Segundo o órgão, a RioTrilhos, o Consórcio Gerenciador da Linha 4 e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) terão que prestar esclarecimentos sobre o caso.

O MP verificou que, depois de suspensas as obras, foram realizados três pagamentos que superam R$ 1.6 milhão no contrato cujo escopo é a prestação de serviços de apoio no gerenciamento, fiscalização e supervisão de obras de infraestrutura metroviária. 
Ainda segundo o MP , é preciso verificar a execução do contrato pelo Consórcio Gerenciador, visto que seu objeto é justamente o de fiscalizar e gerenciar obra, em cuja execução foram identificadas diversas irregularidades, como superfaturamento e sobrepreço de aproximadamente R$ 3,170 bilhões. 
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj