Vias expressas têm fluxo de veículos menor nesta sexta-feira

sexta-feira, 25 de maio de 2018


Redação Rio Alerta


A paralisação dos caminhoneiros, que atinge em cheio o abastecimento de combustível e afeta serviços essenciais do Rio, causa o esvaziamento das vias expressas da cidade, na manhã desta sexta-feira. 


A queda no número de congestionamento em toda a cidade foi de 71,6%, às 9h40. No horário de 8h, em pleno rush, a queda de retenções causadas por veículos atingiu 55%, caindo 60 para 27 quilômetros de trânsito lento. 

A reportagem do Rio Alerta passou pelas Avenida Brasil e a Linha Amarela, onde percebeu o "vazio" causado pela falta de carros de passeio e até ônibus. 

Segundo o Centro de Operações Rio (COR), as lentidões registradas na cidades são somente em acidentes e em enguiços de veículos. 

A Lamsa, que administra a Linha Amarela, ainda não divulgou o número da via expressa, mas informou que na quinta-feira já houve queda. 

Diariamente passam 120 mil veículos na Praça do Pedágio.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj