Boliviano que atuava como falso médico é preso na Baixada

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Redação Rio Alerta


Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e da Delegacia do Consumidor (Decon) prenderam, nesta quinta-feira, o boliviano Roberto Carlos Rivero Salazar, 44 anos, que atuava como falso médico na clínica Climoni, no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 


Roberto foi preso no momento em que atendia uma vítima.

O boliviano, a vítima e duas atendentes foram conduzidos à Decon, onde o falso médico foi autuado pelo crime de exercício ilegal da medicina. 
Os policiais vão apurar se os responsáveis pela clínica sabiam se Roberto não era habilitado para exercer a profissão.
No local, foram apreendidos fichas médicas de cadastros de pacientes, receituários e carimbos. 
De acordo com os agentes, a clínica oferecia serviços médicos a preços populares. 
As investigações seguem para identificar outras pessoas que possam participar do eventual esquema.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj