Preso suspeito de matar mulher e PM na Tijuca

quarta-feira, 6 de junho de 2018
Brendon Rodrigues dos Santos

Redação Rio Alerta


Apontado pela Polícia Civil como um dos maiores assaltantes do Rio, Brendon Rodrigues dos Santos, o Rato, de 20 anos, acabou preso nesta quarta-feira. 


O homem, suspeito de matar PM e uma mulher em ações distintas na Tijuca, foi encontrado por militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Jacarezinho e agentes da 25ª DP (Engenho Novo), na Ilha do Fundão, Zona Norte do Rio. 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, contra o jovem havia dez mandados de prisão pendentes, relativos a crimes de latrocínio, "saidinhas de banco" e roubos a joalherias. 

Ele é um dos acusados de matar a tiros o PM Jefferson Cruz Pedra, no dia 4 de janeiro de 2017, em um assalto a uma joalheria no Tijuca Off Shopping, na Zona Norte.

Na ocasião, seis criminosos chegaram armados e assaltaram a joalheria. Logo após o roubo ocorreu um tiroteio. 

Na ação, o soldado Jefferson Cruz Pedra, de 37 anos, lotado no 18º BPM (Jacarepaguá), acabou levando sete tiros na altura do tórax. 

O militar chegou a ser socorrido e levado para o Hospital do Andaraí, mas não resistiu aos ferimentos. 

Ainda segundo as investigações, outro roubo praticado por Brendon e seus comparsas aconteceu numa filial das Lojas Americanas, também na Tijuca, em janeiro de 2017. 

Em outra ocasião, num ataque a uma papelaria no início deste ano, uma mulher foi morta. 

O Portal dos Procurados oferecia uma recompensa de R$ 5 mil por sua captura de Brendon.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj