Suspeitos são presos por forças de segurança em São Gonçalo

segunda-feira, 16 de julho de 2018
Forças Armadas fazem nova operação, desde o fim da noite de domingo,  nas comunidades do Complexo do Salgueiro e Jardim Catarina, em São Gonçalo, na Região Metropolitana

Redação Rio Alerta


As Forças Armadas fazem novamente, desde o fim da noite deste domingo, uma operação ostensiva nas comunidades do Complexo do Salgueiro e Jardim Catarina, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do estado. 


Segundo o Comando Conjunto da intervenção na segurança pública do Rio, há cerco, estabilização de áreas e remoção de barricadas. Também são realizadas revistas de pessoas e de veículos, e checagem de antecedentes criminais. 

Até às 14h, seis pessoas tinham sido presas e um menor apreendido. Com um número maior, diferente da operação anterior, desta vez participam da ação 4.300 militares, 120 policiais militares e 80 policiais civis, apoiados por blindados, aeronaves e equipamentos de engenharia. 

Algumas vias e acessos na região poderão ser interditados, além da restrição do espaço aéreo, se necessário. 

Não há interferência nas operações dos dois aeroportos do Rio. 

Além das seis prisões, foram apreendidas uma pistola, uma carabina calibre 12, um revólver, um fuzil calibre 7.62, munições de pistola e fuzil, grande quantidade de drogas ainda não contabilizada, uniformes militares, e quatro carros foram recuperados. 

Os militares também removeram sete barricadas colocadas pelo tráfico que atua nas regiões.

A Polícia Militar verifica denúncias da atuação de criminosos, apoia a estabilização e bloqueia vias de acesso na região. 
A Polícia Civil cumprirá mandados judiciais, respeitadas as restrições à inviolabilidade do lar, de acordo com o Comando Conjunto.
Na operação da última quinta-feira, uma adolescente foi baleada durante um confronto entre militares e criminosos. 
A identificação dela não foi divulgada, mas segundo o Comando Conjunto, ela teve ferimentos leves e foi socorrida em um hospital da região.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj