Vigilância Sanitária começa a fiscalizar estabelecimentos para coibir uso de canudos de plástico

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Redação Rio Alerta


A Vigilância Sanitária começa, nesta quinta-feira, a fiscalizar o uso de canudos de plásticos em estabelecimentos comerciais, como bares, padarias e lanchonetes. 


A atividade será incluída nos roteiros de rotina, que são definidos pela ordem das denúncias que são recebidas pela central.  

O objetivo da fiscalização é cumprir a lei municipal, em vigor desde quarta-feira, que só permite o uso de canudos de papel biodegradável ou reciclável. 

O Rio é a primeira cidade do país a banir o uso de canudos de plástico. 

Segundo a Vigilância Sanitária, o estabelecimento tem 60 dias para se ajustar à lei após a intimação. Passado esse prazo, se o estabelecimento não tiver realizado a substituição, ele poderá ser multado em mais de R$ 1.600. 

Na terceira inspeção, se ainda não estiver regularizado, a multa vai a R$ 3.000, podendo chegar a R$ 6.000, se houver mais uma reincidência.

Os ambulantes registrados na prefeitura, com autorização para comercialização em espaços públicos, sofrerão a mesma abordagem e multa dos estabelecimentos comerciais.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj