Paty Bumbum é transferida para presídio

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Redação Rio Alerta


Patrícia Silva dos Santos, mais conhecida como Paty Bumbum, já está em um presídio do estado. 


No entanto, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) não informou para qual unidade prisional a mulher, de 47 anos, foi levada por questões de segurança. 

Ela foi presa nesta segunda-feira em ação da Polícia Civil, batizada de "Operação Bumbum". Paty Bumbum responde por exercer a profissão de médica ilegalmente. Ela foi presa em sua casa em Curicica, na Zona Oeste. 

Os policiais também estiveram na casa de Valéria em Vargem Pequena, mas ela não foi encontrada. As prisões se baseiam em depoimentos de pelo menos duas testemunhas que afirmam terem sido atendidas pela mulher.

A polícia também investiga a participação de Patrícia no procedimento de Mayara Silva dos Santos, que acabou resultando na sua morte. Presa nesta segunda-feira, ela negou as acusações e disse que é apenas massoterapeuta. 

As investigações da 42ª DP (Recreio) descobriram que mulheres envolvidas na intervenção da modelo pediram na farmácia remédio para dor depois da vítima passar mal em vez de levá-la para um hospital. 

Segundo a polícia, um entregador confirmou que levou o analgésico na casa de Horana Hindara Lima Diniz, uma das investigadas. 

"Horana também sempre estava presente e no dia da Mayara, ao invés de levá-la para o hospital, a levou para sua casa. 

Ouvimos um entregador de medicamentos e ele disse que ela pediu Buscopam. 

Acreditamos que esse remédio foi pedido para conter a dor de Mayara e não levá-la para o hospital", disse o delegado Eduardo Freitas, titular da 42ª DP. Segundo testemunhas, a modelo "se contorcia de dor".
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj