Criminosos explodem caixas eletrônicos na UFRJ

sábado, 8 de setembro de 2018
Criminosos atiram contra vigilantes e explodem caixas eletrônicos na UFRJ

Redação Rio Alerta


Oito criminosos armados e encapuzados explodiram e levaram dinheiro de dois caixas eletrônicos - um dos Santander e outro do Banco do Brasil - no Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN), no Fundão, na Ilha do Governador, na madrugada de ontem. 


O ataque aconteceu por volta das 3h. Os criminosos atiraram contra os vigilantes, mas ninguém ficou ferido. 

A quantia roubada não foi revelada. O bando chegou de carro. Segundo informações, alguns saíram do veículo, quebraram a porta que dá acesso aos caixas e entraram no prédio. Os outros ficaram no automóvel e do lado de fora da unidade. 

Um dos criminosos rendeu um vigilante enquanto os outros colocavam os explosivos nos equipamentos. 

O segurança foi levado para um sala onde havia mais vigias, que já se preparavam para agir, mas foram impedidos porque o bandido atirou contra eles. 

Em seguida, houve a explosão dos caixas.A polícia está analisando imagens do circuito de segurança para tentar identificar os criminosos. 

O vice-decano do CCMN, Cabral Lima de 56 anos, reclamou da falta de segurança no campus. 

''A forma como a UFRJ vem sendo tratada está muito ruim. 

Nós estamos sem dinheiro, o governo não libera verba alguma, e isso afeta a segurança que poderia ser maior. 

É preciso mudar isso. Se nós tivéssemos mais recursos econômicos, poderíamos ter mais segurança e dar mais conforto para os nossos alunos, docentes e funcionários", criticou Lima. Em nota, a UFRJ informou que nos últimos meses, houve reuniões periódicas com as autoridades policiais do Rio de Janeiro. 

"Nós estamos buscando soluções para os crimes em instalações da universidade. 

Em junho, após reunião na Secretaria de Segurança do Estado do RJ (Seseg), a secretaria reforçou o policiamento no campus. 

Desde então, o número de crimes como sequestros-relâmpago e roubo de carros diminuiu drasticamente no campus da Cidade Universitária, Ilha do Fundão", diz o documento.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj