Diretor pede para PF 'usar a força' caso alguém queira entrar no Museu Nacional

quinta-feira, 6 de setembro de 2018


Redação Rio Alerta

A tragédia que destruiu o Museu Nacional causou uma enorme rede de solidariedade de pessoas ligadas ao espaço, pesquisadores especializados que viram no incêndio uma perda sem precedentes, além de integrantes da sociedade civil. 

Entretanto, o diretor da instituição, Alexandre Kellner, não está muito satisfeito com a grande aglomeração na porta do Nacional. 

Exaltado, ele conversava na manhã desta quinta-feira com agentes da Polícia Federal (PF) e disse "para usar a força" em quem quisesse entrar.

"Não é para deixar entrar. Se quiserem entrar, vocês podem usar a força", falou, gritando com os agentes da Polícia Federal (PF) que estavam próximo ao Museu Nacional. 

Os trabalhos foram paralisados momentaneamente hoje por conta da chuva.

O diretor do museu vai estabelecer um grupo de trabalho assim que a área for totalmente liberada, mas esta equipe ainda não foi definida. 

Por enquanto, só quem é autorizado por Kellner pode entrar. 

Existe uma preocupação de quando a Polícia Federal for embora quanto à segurança do espaço.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj