Funcionário da Ancine é exonerado após assédio em ônibus

quinta-feira, 27 de setembro de 2018
Adolescente defende mulher de assédio sexual em ônibus

Redação Rio Alerta

A direção da Agência Nacional de Cinema (Ancine) exonerou um funcionário acusado de importunação sexual a uma mulher dentro de um ônibus, na Zona Sul do Rio. 


O caso aconteceu aconteceu no dia 22 deste mês e viralizou nas redes sociais após um dos passageiros filmar a reação de uma adolescente, de apenas 14 anos, levantando do banco onde estava e denunciando o homem.

Nas imagens é possível ver a jovem dando uma dura no suspeito. 

"Você sentou aí e foi se aproximando cada vez mais dela, pegou o seu *** nojento, sujo, e botou pra cima dela", diz. 

Em seguida, o suspeito nega o ocorrido e se aproxima da vítima dizendo que não fez nada. 

A mulher pede para ele não se aproximar dela e para o motorista abrir a porta do veículo para que o homem desça. 

Quando o homem está descendo a adolescente grita: "Nunca mais faz isso tá me escutando?".

Em nota, a Ancine afirmou que repudia com veemência qualquer ato que fira a dignidade de qualquer pessoa, em especial de mulheres e informou que funcionário em questão foi exonerado do cargo e, no momento, a agência aguarda o resultado das investigações a cargo da Delegacia da Mulher.
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj