Suspeito de ser chefe do tráfico em Itaguaí e de ter participado de morte de PM é preso

sábado, 1 de setembro de 2018
O fuzil e as duas pistolas apreendidas com os criminosos

Redação Rio Alerta


Policiais do 24º BPM (Queimados) prenderam, na noite desta sexta-feira, o traficante conhecido como Baleado. 


Ele é apontado como o chefe do tráfico da comunidade Parque Primavera, em Itaguaí, e um dos responsáveis pela morte do sargento da PM José Heleno Prades, de 41 anos, assassinado a tiros no último 26 de julho. 

O criminoso foi detido, com outros dois traficantes da região, conhecidos como Russinho e Tijolada - todos da facção Terceiro Comando Puro (TCP), quando deixavam, de barco, a Ilha da Madeira, no município da Região Metropolitana do estado.

O sargento Heleno foi baleado quando bandidos atacaram a viatura em que ele e um colega de corporação estavam, próximo ao Morro do Carvão, em Itaguaí. Ele foi socorrido no Hospital Municipal São Francisco Xavier, para onde estavam indo, para render outros colegas que do serviço de escolta da unidade. 

O sargento não resistiu aos ferimentos e o colega não foi atingido. De acordo com a Polícia Militar, a corporação sabia que os responsáveis pela morte do sargento Heleno eram da região e liderados por um indivíduo conhecido como Baleado. 

Diante da informação, os agentes passaram a monitorar a enseada da Ilha da Madeira, descobrindo que o criminoso deixava, semanalmente, a comunidade em que atuava para pescar na ilha, com outros bandidos.

Nesta sexta, os PMs, então, se dirigiram a uma rua de acesso ao píer da ilha até que viram uma embarcação com três suspeitos se aproximando. 

Os homens foram abordados e com eles foram encontradas duas pistola calibre 9 mm com kit rajada em uma mochila. 

Pressionados, os suspeitos confessaram ser traficantes. Já, em direção à delegacia do município (50ª DP), Baleado disse que contaria onde estaria um fuzil, estando disposto a entregá-lo, em troca de sua liberdade. 

Os policiais foram até o local informado por ele, um terreno baldio nas redondezas do Morro do Carvão, onde encontraram um Ak 101 calibre 5.56x45, com carregador. 

A arma também foi apreendida e os três receberam voz de prisão e foram levados à 48º DP (Seropédica).
 
TV RIO ALERTA © 2012-2018 |:Rio Alerta Comunicação Rj